ENTREVISTA

O relato do primeiro paraibano vacinado contra Covid-19 no Brasil

18 de janeiro de 2021 às 10h46 Por Wallison Bezerra
O médico Almir Ferreira de Andrade, de 79 anos, recebe a vacina CoronaVac contra a Covid-19 no Hospital das Clínicas, em São Paulo, neste domingo (17) — Foto: Nelson Almeida/AFP

Santa Cruz, Sertão da Paraíba, foi a primeira cidade do estado a ver um filho ser imunizado contra a Covid-19 no Brasil. Almir Ferreira de Andrade, um sertanejo como tantos outros que saem em busca de sonhos, recebeu ontem a dose inicial da CoronaVac.

Almir relatou ao Blog a alegria de receber o imunizante.

“Fui convocado pelo Comitê, por eu ser um dos médicos mais antigos, para receber essa homenagem. Apesar de trabalhar diretamente, não tive Covid-19. Senti muita felicidade”, relata com alegria.

E prossegue.

“Me dá segurança para trabalhar e me aproximar ainda mais dos outros pacientes, estou muito feliz. Não só por ter sido o primeiro do nosso estado. O que passa é alívio dentro de mim. Mas, continuo triste porque temos uma mortalidade que atingiu mais de 200 mil pacientes brasileiros, estou preocupado com o que está acontecendo em Manaus. Espero que tudo logo possa passar”, disse.

Almir convocou a todos a tomarem a CoronaVac.

“Essa vacina não tem efeito colateral, conheço a vacina. É segura e eficaz. Então, eu tomando as duas doses, 20 dias depois eu tenho a segurança e eficácia de não ter mais coronavírus, e se tiver será sem gravidade”, completou.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido !!