judiciário

Calvário: MPF denuncia Ricardo Coutinho e Arthur Cunha Lima ao STJ

16 de novembro de 2020 às 18h57 Por Wallison Bezerra
Ricardo Coutinho, ex-governador da Paraíba, e Arthur Cunha Lima, conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado.

A Procuradoria-Geral da República denunciou o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), o conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), Arthur Cunha Lima, o ex-deputado Arthur Cunha Lima Filho, o ex-procurador-Geral do Estado, Gilberto Carneiro, Daniel Gomes da Silva e o advogado Diogo Mariz ao Superior Tribunal de Justiça. A denúncia, que está em sigilo, é um desdobramento da nona fase da Operação Calvário, deflagrada no mês de outubro. Segundo apurou o Blog, os alvos são acusados de crimes contra administração pública e corrupção passiva. Hoje, o ministro Francisco Falcão, do STJ, deu um prazo de 15 dias para que os denunciados apresentem defesa sobre o processo. Pelo despacho do magistrado, todos devem ter acesso a cópia da denúncia apresentada pelo MPF e aos elementos de prova já documentados nos autos.

Comentários

Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.

error: Conteúdo Protegido !!