Operação calvário

Ministra rejeita pedidos para soltar Coriolano Coutinho

12 de maio de 2021 às 20h43 Por Wallison Bezerra

A ministra Laurita Vaz, relatora da Operação Calvário no Superior Tribunal de Justiça (STJ), rejeitou na noite desta quarta-feira (12) duas ações que buscavam a autorização para que Coriolano Coutinho deixasse o presídio.

Segundo apurou o Blog junto à Corte, o primeiro habeas corpus pedia a revogação da prisão decretada pela 1ª Vara Criminal da Capital em 29 de janeiro na Operação A Origem, um desdobramento da Calvário. A defesa dizia que o mandado levou em conta “exclusivamente palavras de réu delator”.

A outra ação trata-se de um recurso ordinário. Os advogados argumentavam que não havia “contemporaneidade da medida decretada [prisão] de elementos concretos relacionados à necessidade da prisão cautelar, ou risco de fuga, de destruição de provas e de reiteração criminosa”.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido !!