bastidores

“Ou o PP entrega os cargos, ou Bruno demitirá”, avaliam aliados do prefeito

26 de julho de 2022 às 17h50 Por Wallison Bezerra

Aliados do prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), apostam que o gestor deve formalizar  brevemente a exoneração de indicados do PP na gestão municipal. As demissões caminham para acontecer como reação a decisão do vice-prefeito Lucas Ribeiro aceitar o convite para compor com o governador João Azevêdo (PSB).

“Ou eles vão entregar os cargos, ou Bruno vai demitir as duas secretárias indicadas pelo PP, a tendência é essa. A gente começa a partir de agora a traçar linhas diferentes. Fomos para um lado, e o PP foi para outro. Embora a eleição seja estadual, Bruno tem um primo candidato”, avaliou um aliado de Bruno em contato com o Blog.

Mais cedo, o PSB anunciou o nome de Lucas como candidato a vice na chapa governista. Em entrevista ao autor do Blog, Ribeiro disse que está “tranquilo e à disposição”.

“Temos consciência que o nosso papel está sendo cumprido como partido aliado. Tanto auxiliando na campanha quando fomos vice-prefeito e agora auxiliando na gestão. Independente de posicionamento, acima de tudo, estará Campina Grande, independente de qualquer coisa. Estamos tranquilos e à disposição”, garantiu.